Doenças transmitidas por insetos — um problema crescente
Por que voltaram?
Existe solução?
Como Proteger-se?

 

Como Proteger-se?
Dicas para a sua proteção

Despertai! entrevistou pessoas de várias partes do mundo que moram em regiões infestadas de insetos e em que as doenças são endêmicas. Algumas sugestões poderão ser úteis na região onde você mora.

Limpeza — a melhor proteção

 Mantenha a casa limpa

“Cubra os recipientes onde guarda alimentos. Mantenha cobertos os alimentos cozidos até a hora de serem servidos. Limpe imediatamente quaisquer respingos de alimento. Não deixe louça suja de um dia para outro. Não jogue restos de alimento no quintal para serem recolhidos no dia seguinte: o lixo orgânico deve ser coberto ou enterrado, pois insetos e roedores saem em busca de alimento à noite. Revestir o piso de chão batido com uma fina camada de cimento torna mais fácil manter a casa limpa e livre de insetos.” África.

“Guarde frutas ou qualquer coisa que atraia insetos fora da casa. Mantenha a criação — animais como cabras, porcos e galinhas — fora de casa. Tampe as latrinas que estão fora de casa. Enterre fezes de animais rapidamente ou cubra-as com cal para afastar as moscas. Mesmo que os vizinhos não colaborem, você pode fazer a sua parte para evitar a proliferação de insetos e dar um bom exemplo.” América do Sul.

 Higiene pessoal

“Visto que o sabão não é um item caro, lave as mãos e as roupas com freqüência, principalmente depois de ter contato com pessoas e animais. Não toque em animais mortos. Evite passar a mão na boca, no nariz e nos olhos. As roupas devem ser lavadas regularmente mesmo que pareçam estar limpas. Mas é bom lembrar que algumas fragrâncias atraem insetos. Assim, evite sabonetes e produtos de higiene que contêm perfume.” África.

 

Deixar alimento ou lixo descobertos é o mesmo que convidar os insetos para comer com você

Dormir ao ar livre numa região infestada de mosquitos equivale a convidá-los a se banquetear com o seu sangue!

Mosquiteiros tratados com inseticidas são mais baratos do que remédios e contas de hospital

Não hospede insetos. Expulse-os!

 

Medidas preventivas

 Elimine focos de reprodução dos mosquitos

Coloque tampa em tanques de água e de lavar roupa. Recipientes que retêm água devem ser eliminados ou mantidos de cabeça para baixo. Não deixe água estagnada em vasos de plantas. Os mosquitos se reproduzem em qualquer poça de água que dure mais de quatro dias. Sudeste Asiático.

 Exponha-se o mínimo aos insetos

Evite os locais e os horários em que os insetos estão mais ativos. Como o Sol se põe cedo nos trópicos, muitas atividades diárias são realizadas à noite, justamente quando os insetos estão mais ativos. Sentar-se e dormir ao ar livre aumenta o risco de infecção em lugares onde há grande incidência de doenças transmitidas por insetos. África.

Use roupas que cubram a maior parte do corpo, principalmente quando entrar em áreas florestadas. Aplique repelente na roupa e na pele, sempre seguindo as instruções do fabricante. Ao voltar para casa, veja se você ou as crianças não pegaram carrapato. Mantenha os animais de estimação saudáveis e livres de insetos. América do Norte.

Mantenha pouco contato com a criação, visto que esses animais podem alojar insetos que causam doenças ao homem. Ásia Central.

Use tela mosquiteiro — de preferência tratados com inseticidas — para todos os membros da família. Instale telas mosquiteiras nas janelas e mantenha-as em bom estado de conservação. Vede a abertura da junção da parede com o teto, por onde os insetos podem entrar. Tais medidas preventivas custam um pouco de dinheiro, mas o prejuízo será bem maior se você precisar levar seu filho ao hospital ou se o arrimo da família ficar doente e não puder trabalhar. África.

Elimine esconderijos de insetos de sua casa. Reboque paredes e o teto e vede rachaduras e buracos. Nas casas com cobertura de sapé, cubra o teto com um tecido à prova de insetos. Não amontoe papel ou pano dentro de casa, nem coloque muitos quadros na parede, pois os insetos costumam se esconder nessas coisas. América do Sul.

Se alguém pensa que insetos e roedores fazem parte do ambiente doméstico, está muito enganado! Não permita que entrem em sua casa. Use repelentes e inseticidas, mas siga estritamente as instruções do fabricante. Use mata-moscas. Seja criativo: certa mulher costurou uma cobra de pano, encheu-a de areia e colocou debaixo da porta para evitar a entrada de insetos. África.

 Medicina preventiva

Mantenha boa resistência física alimentando-se corretamente, descansando o suficiente e fazendo exercícios adequados. Reduza o estresse. África.

Para quem viaja: Procure informações atualizadas sobre os riscos que talvez corra. Poderá obter informações dos departamentos de saúde pública e de sites oficiais na internet. Antes de viajar, tome medidas preventivas adequadas para o lugar aonde vai.

 

Doenças veiculadas por insetos podem apresentar sintomas parecidos com os de outras doenças. Informe seu médico sobre os lugares por onde viajou

 

Se ficar doente

 Obtenha assistência médica o mais rápido possível

A maioria das doenças são facilmente curadas quando diagnosticadas no início.

 Cuidado com diagnósticos errados

Se esteve nos trópicos, procure médicos que estão familiarizados com doenças transmitidas por vetores e com as doenças tropicais. Informe o médico sobre todos os sintomas e sobre os lugares para onde viajou, mesmo as viagens que fez no passado. Use antibióticos somente se for necessário, e faça o tratamento até o fim.

Artigo anteriorExiste solução?

 
 
Publicado em Despertai!  de 22 de maio de 2003  

Copyright © 2005 Watch Tower Bible and Tract Society of Pennsylvania. All rights reserved.

 

 

 

 

 

 

 

Home | Tela mosquiteira para janela | Tela contra inseto para porta | Telas mosquiteiras recolhível | Porque tela de proteção contra insetos? | Mosquito | Tela para casa  |

 Tela contra inseto | Mosquiteiro de fibra de vidro | Tela mosqueteiro  | Detalhe da rede mosqueteira | Somos a proteção contra inseto | Tudo sobre tela para pernilongo |